All posts by administradores

Lipoaspiração à Laser Derrete Gordura e Diminui Flacidez

Dr. Lecy Marcondes Cabral fala sobre lipoaspiração a laser na Agência O Globo

Um dos temores de quem faz a lipoaspiração é ficar com a pele flácida. Isso acontece porque a maioria dos pacientes têm pouca elastina e colágeno. Com a lipoaspiração assistida por laser a retração da pele é muito efetiva e diminui possibilidade de flacidez.

A técnica, seguida da lipoaspiração pode ser realizada em diversas áreas do corpo como barriga, pescoço, abdômen, braços e coxas. Além de derreter a gordura de forma homogênea e facilitar a sua remoção, o procedimento eleva a produção de colágeno e elastina dando mais firmeza à pele.

“A laser lipólise evita que a paciente tenha como resultado o excesso de flacidez e a consequência disso é uma excelente modelagem. A técnica também pode ser associada a cirurgia plástica de abdômen resultando ao paciente uma pele mais firme”, explica Dr.Lecy Marcondes Cabral, cirurgião plástico.

A cirurgia, dependendo do caso, pode durar de 30 minutos até 4 horas, podendo ser realizada com anestesia local e sedação, peridural ou geral. A retirada de pontos acontece em uma semana. O paciente pode retornar as atividades de imediato ou no máximo em 15 dias, de acordo com cada caso. No pós-operatório é necessário o uso de cinta cirúrgica por um período de 30 dias e sessões de drenagem linfática.

Dr. Lecy Marcondes Cabral
Com 30 anos de profissão, o Dr. Lecy Marcondes Cabral graduou-se, em 1982, em medicina pela Faculdade de Medicina de Pouso Alegre, em Minas Gerais. É mestre em Cirurgia Plástica pela Escola Paulista de Medicina – UNIFESP e diretor da Clínica Integrada de Cirurgia Plástica São Paulo.

Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, Fellow do Colégio Internacional de Cirurgiões, Membro Titular da Sociedade Brasileira de Laser e Medicina, da Sociedade Brasileira de Queimados, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Craneomaxilofacial, do Grupo Brasileiro de Melanoma e da Academia Científica de New York.

Integra o Corpo Clínico do Hospital e Maternidade São Luiz e do Hospital Israelita Albert Einstein. É premiado nos Fóruns de Pesquisa do Colégio Brasileiro de Cirurgiões e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, além de ser autor de capítulos de livros publicados na área de cirurgia plástica e cirurgia.
Website: http://www.plastica.com.br/

Leia Mais

Novas recomendações para a duração do sono

A importância de um sono adequado para a saúde é amplamente conhecida. No entanto, a quantidade de sono que uma pessoa precisa depende da idade, do indivíduo, etc. Um painel de especialistas multidisciplinares da Fundação Nacional do Sono dos EUA publicou novas recomendações de intervalos de sono para diferentes faixas etárias. Os intervalos recomendados foram publicados em “Sleep Health: The Official Journal of the National Sleep Foundation”.

As recomendações incluem um intervalo específico considerado ideal para cada faixa etária. Além disso, também incluem uma duração maior, o que pode ser conveniente e adequado para algumas pessoas, bem como o número de horas mínimas e máximas. Em comparação às diretrizes anteriores, o intervalo recomendado aumentou para a maioria das faixas etárias.

Em recém-nascidos (até três meses) recomenda-se uma duração do sono diária de catorze a dezessete horas, em bebês (quatro a onze meses) de doze a quinze horas e em crianças (um a dois anos) de onze a catorze horas. Na idade pré-escolar (três a cinco anos), os especialistas recomendam dez a treze horas de sono e na idade escolar (seis a treze anos) nove a onze horas. Em adolescentes, a duração do sono ideal recomendada é de oito a dez horas, e em pós-adolescentes (18 a 25) e adultos (26 a 64) de sete a nove horas. Em adultos mais velhos (acima de 65 anos) recomenda-se dormir de sete a oito horas.

“As recomendações da Fundação Nacional do Sono para a duração do sono ajudarão indivíduos a programar o sono de acordo com o intervalo saudável. Estas recomendações também servem como um ponto inicial útil para os indivíduos discutirem seu sono com seus médicos”, afirmou David Cloud, chefe da Fundação Nacional do Sono.

Leia Mais

Brow lift: a nova sensação em cirurgia plástica

Entrevista com o Dr. Lecy Marcondes no Portal da Mulher Executiva sobre Brow lift e descubra porque celebridades como Michelle Pfeiffer e Sandra Bullock aderiram ao procedimento.

Novidades para realçar a beleza e deixar a face mais harmônica surgem a todo instante. Nos últimos meses, o Brow Lift, tratamento estético que levanta as sobrancelhas, tem sido usado por celebridades, como Michelle Pfeiffer, Sandra Bullock.

“Este procedimento existe há décadas e creio que a técnica se tornou popular por se tratar de uma pequena intervenção cirúrgica em que a cicatriz fica escondida junto aos pelos da sobrancelha. Simples, ele proporciona ao paciente um rejuvenescimento com resultados similar ao do lifting”, explica Lecy Marcondes, cirurgião plástico graduado em medicina pela Faculdade de Medicina de Pouso Alegre (MG), mestre em Cirurgia Plástica pela UNIFESP (Escola Paulista de Medicina) e diretor da Clínica Integrada de Cirurgia Plástica São Paulo.

Quem pode fazer?

Indicado para pessoas a partir dos 30 anos, a técnica é realizada após a realização de exames clínicos e da avaliação de um cirurgião plástico.

“Todos que tenham queda da sobrancelha podem fazer o procedimento, claro que, respeitando suas condições de saúde”, destaca Leonardo Stella, médico especialista em cirurgia plástica e cirurgia geral pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Os valores variam de acordo com a técnica usada.

Brow Lift X Botox

Visto como uma alternativa à toxina botulínica, que confere ao olhar efeito rejuvenescedor, cuja durabilidade é de seis meses, em média, o Brow Lift, pode ter durabilidade superior a dois anos.

O procedimento “suspende as sobrancelhas, realinhando o contorno e proporciona um olhar mais aberto e jovem. O método é realizado por meio de pequenas incisões que ficam escondidas no couro cabeludo”, destaca Dr. Lecy Marcondes.

Segundo o cirurgião plástico, a técnica pode ser realizada em ambulatório com anestesia local e sedação.

Procedimento

Em um procedimento estético, fatores como o método empregado, além do tempo de internação e de recuperação são essenciais. Dr. Leonardo Stella, relata que existem várias maneiras de realizar o Brow Lift, das mais simples até as mais complexas.

“Existem diversas técnicas, entretanto, o importante é saber qual a melhor para cada caso. A recuperação varia muito do método usado, que pode ser, de uma semana a um mês, em média”, conclui.

O tempo cirúrgico pode variar de uma a duas horas e os resultados finais (sem inchaço ou equimoses) podem ser notados de 30 a 90 dias depois da realização do Brow Lift.

Leia Mais

Tenha Um Bumbum Perfeito Com Enxerto de Glúteo

Dr. Lecy fala sobre enxerto de gordura no bumbum. Confiram a matéria no R7

 

Bumbum redondinho e durinho pode parecer um sonho para a maioria das mulheres. É preciso horas de academia e uma dieta bem balanceada e mesmo assim, muitas vezes não é o suficiente para alcançar o objetivo. Neste caso, a lipoescultura, um dos procedimentos cirúrgicos mais procurados por mulheres que chegam aos consultórios, pode ser a solução para eliminar a gordura excedente do corpo e obter um glúteo perfeito.

A lipoescultura é o procedimento que o cirurgião utiliza a gordura da paciente, que é retirada de locais onde há em excesso, e a coloca nos glúteos, esculpindo artisticamente e formando o contorno desejado.

De acordo com o Dr. Lecy Marcondes, cirurgião plástico, a lipoescultura é realizada em cerca de 1h30, com anestesia peridural ou geral, dependendo da área operada, do volume de gordura a ser aspirado e das áreas sem volume a serem enxertadas (esculpidas). E o tempo de internação varia de 12 a 24 horas, dependendo do tamanho do procedimento.

“Para que se consiga um bom resultado, é necessário que a paciente tenha uma reserva satisfatória de gordura, ou seja, para fazer o enxerto de gordura no glúteo a paciente tem que ser candidata à lipoaspiração. Assim, podemos garantir uma boa remodelagem dos glúteos. Em média, é preciso cerca de 1 L a 1,5 L de gordura, que será processada para o uso, restando cerca de 400 ml a 600 ml de gordura para a realização do procedimento”, explica o Dr. Lecy Marcondes.

Realizada a cirurgia, é fundamental seguir as orientações médicas como, por exemplo, as sessões de drenagem linfática, que ajudam na diminuição do edema e da fibrose das áreas lipoaspiradas e a não manipulação da região glútea. O resultado definitivo pode ser visto a partir do 3º mês, quando 80% do inchaço desaparecem.

“Com a lipoescultura, espera-se que em torno de 50 a 60% da gordura enxertada adapte-se ao novo local e passe a ser permanente nesta região. Isso quer dizer que após o período inicial de integração, que gira em torno de 3 a 6 meses, a quantidade de gordura que permanecer se fixará definitivamente e sofrerá oscilações normais de peso, como todo o restante do corpo”, finaliza Marcondes.

Leia Mais
Select Language